#RedeBBB Ativista promete processar ex-BBB por comentários homofóbicos

O ex-BBB Adrilles Jorge fez um comentário homofóbico, ao se referir ao comportamento de Tiago Abravanel, no “Big Brother Brasil”.

Após a fala ofensiva, o Deputado Estadual Suplente por São Paulo e ativista Agripino Magalhães, irá acionar a justiça na próxima segunda-feira, dia 24 de Janeiro, e processa-lo, por meio de uma denúncia crime contra ele por ofender a População LGBTI+.

Segundo ele, “não é a primeira vez que o ex-BBB faz comentários LGBTIFOBICOS nos programa da Jovem Pan”.

O crime de homofobia está enquadrado na lei 7.716/89 que abrange o crime de racismo social e pode dar até 3 anos de reclusão a quem cometê-lo.

Adrilles Jorge disse no programa “Morning Show” da Jovem Pan que Tiago Abravanel está “muito gay” e estaria forçando trejeitos e afeminações para ganhar apoio da comunidade LGBTQIA+. Para encerrar, ele disse que Vinicius também é afetado demais e que eles “até podem ser gays, mas sejam menos gays”. Isso porque ele abriu a fala com “vão me chamar de LGBFÓBICO, mas dane-se”.

“Nenhuma surpresa, mas é revoltante. Vai ser processado. Pagará por incitar ódio à População LGBTI+”, pontuou Agripino.

 

* Este texto não reflete, necessariamente, a opinião deste portal de notícias

Sobre O Buxixo:

Quer ficar por dentro do mundo dos famosos?

Acesse também nosso instagram.com/tvobuxixo

Para envio de sugestões, pautas ou colaborações, envie através do [email protected]