Exclusivo! Maria Rita perde processo que movia contra Felipeh Campos

Apesar do final de semana prolongado, por conta do feriado de Corpus Christi, o universo das celebridades segue a todo vapor.

OBuxixo apurou, com exclusividade, o resultado de mais um processo envolvendo figuras conhecidas do cenário artístico.

Em 2019, Felipeh Campos fez uma postagem através das redes sociais falando sobre o temperamento da cantora Maria Rita. Na ocasião, o jornalista disse que a filha de Elis Regina teve um ataque de estrelismo. “MARIA RITA dá show de estrelismo e faz proibições em participação em SÃO PAULO! Enquanto @emicida @salgadinhooficial e @arlindinhooficial deram um show de simpatia e transitavam entre os populares, na gravação do DVD 📀 do @quintaldosprettos em SP, Maria Rita proibiu imprensa, não atendeu fãs e sua equipe proibiu populares de transitarem próximo ao camarim da cantora!!“, noticiou o colunista do programa “A Tarde é Sua”.

Na mesma data, Campos ainda observou que a artista estaria acima do peso.

Revoltada com o bafão, Maria Rita decidiu processar Felipeh Campos.

A cantora entrou com uma ação e pediu indenização por danos morais.

No último dia 15 saiu o resultado da sentença. O último movimento aponta que foi “julgado improcedente o pedido”.

Nossa equipe apurou que Maria Rita pediu R$ 30 mil de indenização, mas teve o pedido indeferido. O advogado Dr Adriano de Campos defendeu Felipeh nessa ação.


Siga-me no Instagram: @VladimirAlves