Após cancelar show em Porto Alegre, MC Livinho é acionado na Justiça

A ação tramita desde 2018, porém o funkeiro ainda não foi citado

MC Livinho, que não realizou um show marcado para acontecer no dia 15 de novembro

Quatro fãs do artista, buscam, desde junho de 2018, uma indenização. À Justiça, eles alegam que não conseguiram reaver os valores gastos no evento e nem reaver o dinheiro gasto com os ingressos de um show que assistiriam do artista, naquela ocasião.

Segundo informações do processo, o funkeiro “teria deixado de comparecer ao show, sem aviso prévio, além de não esclarecer os motivos”, e o seu não comparecimento teria gerado grande abalo aos fãs, que teriam comprado com antecedência ingressos, criando neles, todas as expectativas para o show que tinha como cantor principal, o MC Livinho, contudo, não puderam assistir, já que nunca aconteceu.

Ainda, de acordo com a ação, para eles [fãs], não seria justo que pela negligência do músico, e pela falta de comprometimento com o show, saíssem no prejuízo.

O pedido de danos morais, é no valor de 30 salários mínimos para cada um deles. Existe também um pedido, para que a indenização total não seja inferior a 90 salários mínimos.

Livinho ainda não havia sido encontrado para receber a citação. Como a ação corre em Porto Alegre, no mês passado, uma carta precatória foi expedida à Justiça de São Paulo, para poder dar ciência ao famoso da ação.

A ação também foi ajuizada contra a GR6 Eventos e a produtora já apresentou sua defesa. O valor atribuído a causa é de R$ 400 mil.

Após cancelar show em Porto Alegre, MC Livinho é acionado na Justiça
Após cancelar show em Porto Alegre, MC Livinho é acionado na Justiça